6 dicas para aliviar as pernas cansadas

Cansaço, dores, cãibras musculares ou de sensação de peso e inchaço nas pernas são alguns dos sintomas das pernas cansadas. Uma síndrome que entre 20 e 30 por cento da população adulta sofre alguma vez e que aparece por vários fatores, como a dificuldade do retorno venoso e linfático, as pernas ou o sedentarismo.

“É mais comum em mulheres, pessoas obesas, de hábitos sedentários ou que passam muito tempo de pé. Também é mais comum que apareça em pessoas com varizes dos membros inferiores e com doença cardiovascular, especialmente hipertensão e diabetes“, explica Fernando Leão, do grupo de doenças metabólicas da Sociedade Espanhola de Medicina Familiar e Comunitária (semFyC), que aponta que outros fatores envolvidos no aparecimento das pernas cansadas é estar grávida, o tipo de alimentação ou tomar medicamentos antagonistas do cálcio. No entanto, o especialista diz que os mais importantes são a obesidade e estar de pé de forma prolongada.

Prevenção e recomendações

Embora as pernas não são um risco para a saúde, sim limitam a qualidade de vida e diminui a atividade física que realiza a pessoa que sofre, o que pode representar um agravamento dos sintomas e favorece o aparecimento de varizes e lesões cutâneas, até mesmo úlceras, tal como afirma Leão.

O especialista destaca algumas diretrizes para prevenir a aparição:

  • Mantenha o seu peso dentro dos limites normais, em função de seu tamanho e coloração. Em relação a sua alimentação, evite as dietas hipercalóricas e salgadas. “Comer sem sal melhora a circulação periférica, pois evita a retenção de líquidos”, observa.
  • Faça exercícios aeróbicos com regularidade. “A piscina, a elíptica e bicicleta sem resistência são boas opções”, recomenda Leão. Além disso, exercícios de solo, como o pilates e a ioga também são úteis. Entre as atividades que você tem que evitar destaca os exercícios com pesos nas pernas.
  • Procure não estar de pé muito tempo e menos ainda com saltos altos. No entanto, um pouco de salto pode ser benéfico.
  • Não use roupas apertadas na cintura e meias com uma borracha preta. Opte por meias elásticas de compressão progressiva, entre compressão normal e clara.
  • Coloque as pernas para cima quando estiver sentado.
  • Mantenha sua pressão arterial controlada.

Embora estas medidas podem ajudar a prevenir as pernas cansadas, o que acontece quando esta síndrome já está presente? Existe alguma forma de aliviar os sintomas? Leão aconselhados a seguir as seis diretrizes para melhorar a situação:

  1. Deite e coloque as pernas para cima. Ao fazer isso, defendemos a circulação das extremidades.
  2. Pelo menos uma vez ao dia, à noite, dê um banho de água fria nas pernas (com chuveiro tipo telefone).
  3. Procure alguém que possa lhe dar uma massagem, de distal para proximal, com um óleo ou creme corporal.
  4. “Existem alguns medicamentos, de utilidade controvertida, chamadas genericamente venotónicos, que poderiam ajudar”, acrescenta.
  5. Você também pode usar um diurético suave ou um analgésico como o paracetamol, de vez em quando.
  6. Por último, o especialista aponta que alguns preparados de formulas podem ser úteis.

Veja também:

A tensão arterial, tudo o que você precisa saberA tensão arterial, tudo o que você precisa saber

Menina passeando pela florestao Que é o mindfulness?

Um homem, passeando pelo bosqueCasas de floresta para desligar-se da vida pouco saudável

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

¤